janeiro 07, 2007

MOSTRÁ-LO EM CUECAS É "EUROPEU", MAS ENFORCÁ-LO?! MON DIEU, ISSO É BÁRBARO!
Definitivamente, não entendo os comentadores nacionais. Semana sim, semana não, lemos as mesmas pias palavras, segundo as quais não compete ao “prepotente” e “autista” Ocidente ditar as suas leis e a sua maneira de viver a outros povos, nomeadamente africanos e árabes. Para esses comentadores, a tentativa neo-conservadora de aplicar o “método dominó” (que acabou por fazer desaparecer a Cortina de Ferro) no Médio Oriente era um estúpido erro, que apenas poderia ter saído da cabeça de um fascista como George W. Bush. Para mim, a Democracia de facto não é aplicável ao Médio Oriente (ou aos países africanos), porque, por razões diferentes, nada na História destes povos a favorece. Tal como nada na História da Europa a favorecia, até 1950, altura em que a Europa decidiu, de uma vez por todas, livrar-se de regimes autoritários, após séculos de reis, imperadores e ditadores todo-poderosos. Porém, o que não de admite é que esses comentadores multiculturalistas que tanto bradam contra a Coca Cola em Riad e os filmes de Hollywood em Mogadíscio venham agora condenar o enforcamento do Saddam Hussein. Estamos a falar dos mesmos comentadores que defendem o direito das muçulmanos que vivem na Europa a usarem burqa, certo? Porque usar burqa faz parte dos usos e costumes dos países muçulmanos e da sharia. Tudo muito bem. Mas a lapidação de condenados à morte e a amputação de membros de pequenos criminosos também faz parte da sharia e dos usos e costumes dos países muçulmanos. E, claro, os enforcamentos como forma de pena de morte, como durante tantos anos se viu no Afeganistão taliban. Nesse caso, que direito tem o “prepotente” e “autista” Ocidente a censurar o enforcamento do Saddam Hussein e a exportar a noção europeia de Direitos Humanos ao Iraque? Porventura não fará parte dos usos e costumes islâmicos enforcar condenados à morte? Faz. Tanto – ou mais – que usar burqas. Clamam os multiculturalistas que a morte de Saddam Hussein, mais do que uma sentença, foi uma vingança xiita. Mas quem foi a luminbária que disse aos multiculturalistas que a sharia é uma forma de Justiça, comparável ao Direito Romano? Decepar a mão que o ladrão usou para roubar não é Justiça, é vingança. É olho por olho, dente por dente, mão por carteira. Esses são os usos e costumes dos países islâmicos, algo que aparentemente apenas agora chegou ao entendimento dos multiculturalistas. O espantoso não é que Saddam Hussein tenha sido enforcado. O espantoso é que não tenha sido linchado no campo de futebol de Bagdad. Mais espantoso ainda é que uma uma Europa que viu Benito Mussolini ser atado pelos pés numa praça, para ser esquartejado pela multidão ávida de sangue e que assistiu ao fuzilamento de Nicolae Ceausescu nas traseiras de um celeiro, após um julgamento no qual o próprio “advogado” de defesa pediu a pena de morte para o seu “cliente”, venha agora dar lições de moral aos EUA. Mas o que é que se espera de uma Europa que baseia a sua superioridade moral na Revolução Francesa, uma das maiores barbaridades cometidas na História e, sobre qualquer aspecto que se olhe para ela, um genocídio, com todas as letras?

4 comentários:

salgado nolasco disse...

Portugal, pionero en la supresión de la pena de muerte: 1867

VE disse...

No soy favorable a la pena de morte, pero los mismos que defienden todo lo que hagan los muçulmanos, em nombre de una presunta tradición, no pueden ahora vir llorar quando los mismos muçulmanos deciden matar a Saddam Hussein. Que tiene Saddam de especial? Donde estaban todos esses amantes de los derechos humanos quando los taliban mataban a miles de personas ? Ha sido um acto de rabia de los xiitas? Por supuesto. Pero quien los puede censurar? No Europa. Seria Adolf Hitler indultado em Nuremberga, sí no se hubiera matado?

pvnam disse...

A Civilização 'à Manuel Pinho' será preservada
«mini---spam»

É URGENTE Reivindicar o legítimo Direito ao SEPARATISMO ÉTNICO AUTÓCTONE (a divisão dos países):

---> No espaço de Competição Global (50%) - para os 'Globalization-Lovers':
- Aqueles gestores que, no passado, utilizaram escravos para rentabilizarem o investimento feito em caravelas [e para salvaguardarem a indústria de construção de caravelas]... irão agora utilizar mão-de-obra servil imigrante ao 'preço da chuva' para rentabilizarem os seus investimentos.
{ nota: este espaço será o paraíso para os gestores à Manuel Pinho... }


---> No espaço de Reserva Natural (50%) - para a preservação das Identidades Étnicas Autóctones:
- Existirá uma Lei Dura e Eficaz contra a Imigração.
{ nota: este espaço será uma 'dor de cabeça' para os gestores... visto que:
-1-> Ao estarem proibidas de 'importar' imigrantes, as entidades patronais [para cativarem os trabalhadores desempregados] vão ser obrigadas a aumentar os salários inferiores à média nacional;
-2-> Forçando as entidades patronais a subir os salários... isso vai ser um estímulo para para que as entidades patronais procurem um AUMENTO DA PRODUTIVIDADE através de Novas Tecnologias }

O LEGÍTIMO DIREITO AO SEPARATISMO: separatismo-50%-50%


P.S.
--- Todos Diferentes!... Todos Iguais!...
--- Isto é, todos os Povos do Planeta - inclusive os de menor rendimento demográfico, inclusive os economicamente menos rentáveis - devem possuir o Legítimo Direito de ter o SEU espaço no Planeta!!!!!!

VE disse...

What the fuck?! Mas isto agora é o quê, o site do Bloco de Esquerda?